Jovem grávida é encontrada morta dentro de uma de área de mata em Guarapari

Por

O Jornal

A jovem estava grávida de dois meses – Foto: Reprodução redes sociais

O corpo de uma mulher jovem foi encontrado no último sábado, dia 6, em uma mata próximo ao bairro Village do Sol, em Guarapari, bastante machucada, com muitas marcas de agressões espalhadas pelo corpo, principalmente na região da boca e cabeça.

Após os primeiros levantamentos, policiais confirmaram de que se tratava da comerciária Nadyane Santana, de 20 anos, que de acordo com familiares, estava grávida de dois meses.

Nadyane havia saído de casa na última sexta-feira (5), dizendo que iria se encontrar com uma amiga. Com o passar das horas, ela teria parado de atender o telefone e nem respondia as mensagens no zap.

Apurações dão conta de que a vítima teria se envolvido com um homem casado, possível pai de seu bebê. Também foi levantado que, dias atrás, uma mulher foi até o local onde Nadyane trabalha, na Praia do Morro, e as duas tiveram uma acalorada discussão que acabou com Nadyane sendo agredida. Há fortes indícios que a autora da agressão seja a esposa do homem que se envolveu com a vítima, o que coloca a agressora como uma das suspeitas de estar por trás do assassinato da jovem.

Um familiar de Nadyane confirmou a informação de que ela se envolveu com um homem casado e a esposa acabou descobrindoA gente sabe que ela se envolveu em uma briga e que depois ela passou a receber muita ameaça. Falava que ia arrancar os dentes dela e que ia matar ela e jogar na vala, que foi como o corpo foi encontrado: com os dentes quebrados e jogado na vala”, explicou o familiar.

As investigações sobre o caso seguem sob a responsabilidade da Polícia Civil, na Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Guarapari.

Após o trabalho de remoção, com o corpo da vítima encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para a realização da necropsia, foi liberado para sepultamento que aconteceu neste domingo (7).

Para quem quiser colaborar com informações sobre o caso, pode ser feito de forma sigilosa por meio do Disque-denúncia (181), que é uma linha de contato gratuita, disponível em todos os municípios do Estado. As informações passadas pela comunidade podem ser cruciais para o avanço das investigações.

Confira mais Notícias

Polícia

Vila Velha

Executado com mais de 20 tiros durante comemoração do aniversário de filha

Polícia

Cachoeiro de Itapemirim

GCM de Cachoeiro apreende veículo clonado

Polícia

Cachoeiro de Itapemirim

Mulher grávida de 9 meses morre atropelada em Cachoeiro. Bebê também não resistiu

Polícia

Marataízes

Polícia traça linha de investigação para chegar ao executor de servidor de Marataízes

Polícia

Piúma

Polícia Civil prende "Contator do tráfico" em Piúma

Polícia

Rio Novo do Sul

PC cumpre mandados e prende dois ligados ao tráfico em Rio Novo do Sul

Polícia

Itapemirim

Agência do Banestes de Itapemirim é invadida durante final de semana e ladrões levam armas e coletes

Polícia

Cachoeiro de Itapemirim

Homem é baleado e morre ao dar entrada na UPA em Cachoeiro