Força-tarefa do TCE-ES: 42 municípios serão visitados para inspeção em procedimentos de vacinação contra Covid-19 nesta semana

Por

Visualização da imagem

Equipe de auditores já deu início ao trabalhos traçados pela Força Tarefa do TCE-ES

Seis equipes de auditores do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) iniciaram, nesta segunda-feira (01), força-tarefa para inspeção, em unidades básicas de saúde, dos procedimentos de vacinação contra a Covid-19, bem como condições de armazenamento de doses e controle de imunizados. Até sexta-feira (05), 14 auditores percorrerão 42 municípios. O esforço é necessário para dar agilidade à fiscalização, de forma que permita a correção tempestiva de eventuais inconsistências identificadas pelas equipes.

Na saída dos auditores, o secretário-geral de Controle Externo da Corte, Rodrigo Lubiana Zanotti, destacou a relevância da iniciativa. “Não podemos permitir a perda de nenhuma vacina por falta de equipamentos adequados nos municípios. Sabemos do esforço para aquisição de doses e o Tribunal faz esse trabalho ostensivo buscando agir de forma célere, identificando eventuais problemas nos equipamentos públicos e apontando oportunidades de melhorias."

Os auditores irão verificar, entre outros pontos, se as vacinas estão acondicionadas em câmaras de refrigeração ou em refrigeradores domésticos, se a temperatura de armazenamento está correta e as condições físicas das salas de vacinação. Para todo o procedimento, os auditores baseiam as ações nas normas e manuais do Ministério da Saúde.

A coordenadora do Núcleo de Avaliação de Políticas Públicas de Saúde do TCE-ES, Maytê Cardoso Aguiar, explicou que nas visitas já realizadas, foi possível constatar algumas inconsistências, como uso de geladeiras comuns para armazenamento de doses, congeladores com gelo acumulado e temperaturas fora das indicadas pelos laboratórios fabricantes.

"Não adianta cumprir a meta de vacinação se as propriedades das vacinas não estiverem preservadas, o que ocorre caso o armazenamento não seja feito corretamente", explicou. Maytê assinalou que os municípios, especialmente as regiões rurais, possuem diferentes realidades e isso precisa ser considerado do ponto de vista do armazenamento das vacinas e do risco de perda em caso de queda de energia, já que as geladeiras domésticas não possuem bateria.

Ações
O TCE-ES atua em 2021 com três novas diretrizes na fiscalização das ações de combate à Covid-19. Além da imunização, a Corte analisa o retorno das aulas e o exercício do poder de polícia pela administração pública para conter aglomerações.

Essas ações são uma continuidade do trabalho iniciado ano passado. Em 2020, o Tribunal fiscalizou as compras emergenciais; acompanhou a gestão fiscal do Estado e municípios, com projeção de cenários; e orientou gestores.

Confira mais Notícias

Fiscalização

Litoral Sul

Operação Verão: Procon-ES intensifica fiscalização nos quiosques do litoral sul capixaba

Fiscalização

Guarapari

Iema apreende mais material de pesca e caça submarina no Arquipélago das Três Ilhas

Fiscalização

Estado

Secont multa empresas em R$ 9,2 milhões por irregularidades em compras públicas

Fiscalização

Anchieta

Em Anchieta, som alto dá multa e apreensão do equipamento

Fiscalização

Anchieta

GCM e fiscalização retiram barracas e trailers irregulares da Praia da Costa Azul em Iriri

Fiscalização

Anchieta

Prefeitura de Anchieta adquire veículo para fiscalização ambiental

Fiscalização

Estado

Estabelecimentos que trabalham com revenda de aves vivas recebem visita de fiscalização do Idaf

Fiscalização

Estado

Batalhão de Polícia de Trânsito divulga resultado da Operação Finados